• Bruna Coimbra

Proibido para amadores




Tudo que é proibido é mais gostoso. Você já deve ter ouvido essa frase várias vezes, e cabe para muitas coisas na vida.


Amador é quem faz por gosto e não por profissão. Tá tudo certo para quem quer viver assim. O detalhe é que amadorismo fica só no amor e na dor mesmo. Na comunicação profissional ser amador é morder a maçã envenenada e morrer no paraíso.


Veja algumas situações em que o amadorismo é proibido:


Apresentar programas de TV

Um amador jamais beberá nessa fonte. Simplesmente porque não se faz TV apenas pelo amor. Precisa-se de técnica e conhecimento de comunicação.


Ganhar dinheiro em comunicação

Talvez não seja seu foco ter uma grana para comer uma pizza, pagar as contas; quem sabe até comprar um carro, uma casa ou fazer aquela viagem dos seus sonhos. Mas, se você deseja tudo isso, sendo amador, não vai dar.


Ter reconhecimento profissional


Fazer o que ama é lindo, lúdico e necessário. Mas só isso não basta para ser reconhecido. Precisa ser "profissa" e entregar valor. Não há confiança, amor ou amizade se não houver respeito. Talvez em outro mundo a lógica seja outra. No geral, respeito é coisa de profissional!